I+D+I
Notícias
Voltar para I+D+I
June 25, 2015

Gestão de resíduos líquidos procedentes dos lagares mediante a sua aplicação a fazendas de olivais

Os lagares espanhóis geram cada ano 40 milhões de metros cúbicos de efluentes que não se podem derramar para os canais públicos. Resíduos que devem ser eliminados e, se possível, valorizar. São necessárias novas soluções, que o Centro Alameda del Obispo do Instituto de Investigação e Formação Agrária e Pesqueira da Junta de Andaluzia (IFAPA), com a colaboração da Interprofesional del Aceite de Oliva Español, trata de dar resposta. A equipa dirigida por Rafaela Ordoñez está a avaliar que efeito tem a aplicação de águas de lavagem ao lagar no olival. Em concreto, a avaliação a médio e longo prazo do cultivo, bem como dos solos. Trabalha-se com uma dose de 250 metros cúbicos por hectare e ano. Investigações que podem facilitar dados que permitam propor alterações à legislação sobre a gestão e o destino dos referidos efluentes.

Gestão de resíduos líquidos procedentes dos lagares mediante a sua aplicação a fazendas de olivais

Entradas relacionadas

Eu li e aceito as políticas de privacidade.

Verifique os campos

Subscreva a nossa Newsletter

Inscreva-se se você quiser receber mais informações de Azeites da Espanha