Blog
Voltar ao Blog
March 04, 2016

O Azeite na história da humanidade (II)

Na primeira parte deste post, ficamos na época da Grécia Antiga. A seguinte época de grande importância na história do Azeite, corresponde à do Império Romano, ao qual a Espanha pertencia como uma de suas províncias mais prósperas, sob o nome de Hispânia.

Na realidade, os romanos foram essenciais para entender o conceito atual do Azeite, na medida em que melhoraram as técnicas de cultivo e seu respectivo transporte. Os romanos foram grandes consumidores de azeitonas e do Azeite de Oliva proveniente da Hispânia, especialmente da Bética (Andaluzia atual). O azeite da Hispânia era o mais apreciado do império pela grande qualidade. Estima-se que, durante esta época, a Hispânia exportou mais de 30 milhões de cântaros de Azeite, entregando, cada certo tempo, milhares de cântaros à capital do Império.

Os restos de muitos desses cântaros usados para transportar o azeite, apareceram no fim do século XIX, quando Heinrich Dressel,, cientista ítalo-prussiano, os descobriu numa colina romana. Ele investigou sua origem até descobrir o costume que os habitantes da época tinham de esvaziar os cântaros provenientes da Bética (sul da Espanha) na margem esquerda do rio Tíber. Esses restos, juntamente com a terra acumulada ao longo de todos esses anos, deram origem à colina, conhecida hoje em dia como Testaccio.

Já na Idade Média, descobrimos ainda que este produto foi muito utilizado na Espanha e no país vizinho, a França, para fabricar sabão. Não foi em vão que, ao longo de todos esses anos, o Azeite foi utilizado em muitas aplicações, tal como para iluminar os lares ou como ingrediente em alguns tratamentos de beleza. Não obstante, o uso principal atribuído a este produto foi e continua a ser o uso alimentar. E, na verdade, o Azeite em qualquer uma de suas variantes (Virgem Extra, Virgem, Azeite de Oliva), é o condimento perfeito para qualquer receita.

Posteriormente, no século XIX, o uso do Azeite experimentou uma grande expansão na Espanha graças à construção da rede de ferrovias. Desta forma nosso país, conseguiu se converter no maior olivar do mundo.

No século XX, a Espanha sofreu uma verdadeira revolução tecnológica, que permitiu a produção de azeites excelentes, azeites que ganham ano após ano os concursos mais renomados do mundo. Atualmente, a Espanha é o líder mundial a nível de quantidade e especialmente de qualidade na produção de azeites.

0 Comentários

Entradas relacionadas

Como elaboramos o melhor azeite do mundo?

03May | 18 Como elaboramos o melhor azeite do mundo?
Como se obtém o Azeite de Oliva? Que processo se segue para conseguir que tenha o melhor sabor? A qualidade deste produto começa...

Um pedacinho de prazer espanhol: Torrijas de Semana Santa

20Mar | 18 Um pedacinho de prazer espanhol: Torrijas de Semana Santa
Douradas por fora e tenras por dentro. Estamos falando de uma receita deliciosa de origem espanhola e muito apropriada para esta época:...

A febre da ‘’tapa’’

19Feb | 18 A febre da ‘’tapa’’
É a rainha das festas, a princesa do aperitivo e a patrona de qualquer bar espanhol. Uma das embaixadoras mais importantes da...

Eu li e aceito as políticas de privacidade.

Verifique os campos

Subscreva a nossa Newsletter

Inscreva-se se você quiser receber mais informações de Azeites da Espanha