Nossa homenagem as mulheres brasileiras

Avós, mães, irmãs, filhas… todos temos perto de nós uma mulher que marcou nossa vida. Uma mulher que admiramos e nela nos inspiramos. Uma mulher trabalhadora, mãe, amiga e amante. Esse tipo de pessoas que parecem guardar o segredo para que o dia tenha mais de 24 horas.  A mulher do século XXI: forte, lutadora, polivalente, inesgotável com as que homenageamos em 8 de março, Dia da Mulher. 

Nesta ocasião queremos destacar as mulheres que se dedicam a deleitar nossos paladares. Mulheres como Helena Rizzo, Roberta Sudbrak ou Rita Lobo, todas elas figuras importantes no mundo gastronômico.

Chefe feminino preparando uma salada em uma cozinha de restaurante

Helena Rizzo foi a ganhadora do prêmio à melhor chef feminina da América Latina em 2013. Durante sua adolescência, Helena decidiu deixar o mundo da passarela e começar sua trajetória gastronômica. Agora, com mais de trinta anos, Helena possui mais de vinte anos de experiência e uma carreira profissional renomada que lhe permitiu estar presente no panorama culinário internacional.

Roberta Sudbrak, por sua vez, modernizou a comida tradicional brasileira em seu restaurante homônimo, que caso tenha a oportunidade de visitar poderá comprovar que se trata mais de uma experiência gastronômica, que de um simples jantar gourmet. A maestria de Roberta é demonstrada na qualidade de seus pratos, nos quais utiliza produtos locais tratados de maneira simples e excepcional. Na realidade, seu restaurante já esteve está colocado na décima posição dos melhores restaurantes da América Latina.

grupo de namoradas comendo na cozinha

Também é obrigatório reconhecer o trabalho de Bel Coelho e a cozinha vanguardista e inovadora de seu restaurante El Clandestino, onde graças a sua ousadia, desenvolveu uma cozinha aventureira e cosmopolita da qual somente quinze clientes podem se deleitar a cada quinta-feira.

Não estamos esquecendo de Carla Pernambuco, chef do restaurante Las Chicas. Esta cozinheira não só cria receitas excelentes, como também criou seu próprio álter ego na cozinha, chamado Carlota. Cozinheira, escritora e blogueira… Carla é um exemplo de mulher polivalente e trabalhadora!

mulher livre olhando para o infinito

E, claro, não podíamos deixar de mencionar Rita Lobo, que ajuda milhares de brasileiras com seus truques e receitas há mais de dez anos. A jovem cozinheira, além de participar no programa de rádio Companhia de Letras, também escreveu três livros, entre os quais destaca seu best seller “Cozinha de estar, receitas práticas para receber”.

Elas, como milhares de mulheres de todo o mundo, demonstraram tudo o que são capazes de fazer, a coragem e luta vindas do coração. Dirigimos a todas elas nosso post de hoje e como diria Rachel de Queiroz:

“O coração é a essência do carácter”

<< Anterior Todos Seguinte >>