OS DEZ PONTOS-CHAVE DOS AZEITES

OS DEZ PONTOS-CHAVE DOS AZEITES

COR

A cor de um azeite virgem pode variar de um amarelo pálido a um verde intenso.

A cor é definida pela variedade de azeitona, o grau de maturidade do fruto no momento da colheita, as condições climáticas e o solo.

A cor do azeite não tem nenhuma relação com o sabor, nem, evidentemente, com a sua qualidade.

SABOR

Todos os azeites virgens têm o mesmo sabor?

Não. Cada azeite virgem é um mundo.
O seu sabor varia dependendo da variedade de azeitona, do seu local de cultivo, do grau de maturidade do fruto, do tipo de solo e das condições climáticas.

Experimente-os todos!

O AMARGO É MAU?

De forma nenhuma. É um atributo positivo que está presente nos melhores azeites virgens, em maior ou menor grau. O mesmo se pode dizer sobre o pico.

O QUE É A ACIDEZ?

É um dos parâmetros químicos que, juntamente com outros, ajuda a definir a categoria comercial de um azeite.

Os azeites extra virgens podem ter até um máximo de 0,8° de acidez. Nos azeites virgens são aceites até 2° de acidez, e no azeite é aceite até 1° de acidez.

CONSERVAÇÃO

Como devo conservar o azeite?

Para uma correta conservação, os azeites virgens extra devem ser mantidos longe da luz, do calor, do ar e dos odores fortes.

Recipientes em materiais opacos ou escuros ajudam a proteger melhor as qualidades do azeite.

É importante manter sempre a embalagem bem fechada, para que não entre oxigénio.

CASAMENTO

Que azeite casa melhor com cada prato?

Nisso, manda o gosto. Acontece o mesmo que com os vinhos, os pães, os sais…

Como orientação geral, os frutados leves (como a variedade arbequina, empeltre ou arbosana) são recomendados para peixe branco, maioneses, frango, legumes e sobremesas. Os frutados intensos (azeites da variedade picual, hojiblanca ou cornicabra) são aconselhados para trabalhar com peixe azul, vegetais como brócolos, saladas, carnes vermelhas…

FRITAR

Pode fritar-se em azeite?

Claro que sim. É o melhor óleo para usar nesta técnica culinária, porque é mais resistente às altas temperaturas.

A alta temperatura (até 180°C), os azeites criam nos alimentos uma camada crocante fina, que impede que o azeite seja absorvido. Assim, consegue-se que os alimentos se mantenham suculentos e saborosos, mantendo todas as suas propriedades. Além disso, quase não penetrando no alimento, as frituras ficam mais leves, nutritivas e digestivas.

COZINHA E PROPRIEDADES

Os azeites virgens perdem algumas das suas propriedades com o calor?

Alguns dos componentes que conferem aroma e sabor aos azeites virgens evaporam-se com a temperatura, de modo que a sua intensidade pode ser reduzida.

No entanto, alguns destes componentes são o que permite o cozimento a altas temperaturas, limitando a sua degradação e estendendo a sua vida.

ESPANHA, OS MELHORES
AZEITES

Porque são os azeites de Espanha os melhores do mundo?

Porque a Espanha desde há anos tem vindo a trabalhar num processo acelerado de melhoria do seu olival e a trabalhar com tecnologia de ponta no setor. Isso permite obter azeites de máxima qualidade. Isto é demonstrado por inúmeros prémios que os azeites extra virgens de Espanha têm obtido.

Porque a Espanha é o maior produtor do mundo (50% da produção mundial de azeite é espanhola), e porque mais se cultivam mais de 260 variedades, oferecemos a mais ampla gama de aromas e sabores.

De acordo com a classificação feita anualmente no portal web World Best Olive Oils, com base nos resultados das 16 principais competições internacionais de azeite virgem extra, 7 dos 10 melhores azeites do mundo são espanhóis.

SAÚDE

Porque são os azeites bons para a minha saúde?

«O consumo de azeite ajuda a reduzir um dos fatores de risco de doença cardiovascular, devido ao efeito benéfico do ácido oleico (ácido gordo monoinsaturado) e dos polifenóis do azeite (compostos antioxidantes naturais) no colesterol do sangue.

Os azeites são fontes de ácidos gordos monoinsaturados, que ajudam a manter os níveis adequados de colesterol no sangue. A chave está na substituição de gorduras saturadas com insaturadas na dieta. Assim, o consumo de azeite ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares».

Entradas relacionadas



LEADER DE LA PRODUCTION

Leia mais


BEM-ESTAR E SAÚDEG

Leia mais


PROCESSO DE ELABORAÇÃO

Leia mais